História dos jogos eletrônicos

Friday, November 17, 2006


Jogos Eletrônicos


Introdução
Desde 1970, os jogos eletrônicos interessam jogadores de todas as idades. Vamos lembrar os primeiros videogames e sua evolução : Telejogo, Atari, Odyssei, Megadrive, Nintendo, Game Boy e outros. Os jogos vão evoluindo e aperfeiçoando seus gráficos, memória e suporte. , por exemplo, Playstation 2, Xbox 360, Game Cube, Playstation 3 e Nintendo Wii levam adultos e crianças ao mundo da diversão eletrônica.

A diversão eletrônica já esta por tudo, nas casas, lan houses, fliperamas e levados através de videogames portáteis.

Os Jogos Eletrônicos primeiramente projetado para redefinição da televisão, mas foi ganhando as suas utilidades próprias como: de um cinema interativo, computador pessoal, portador de dados. Estabeleço um mapeamento histórico do processo de formação e consolidação deste formato até a sua configuração atual, apontando genealogicamente o devir desta tecnologia e as tensões que pesam sobre ela no sentido da consolidação de um espaço de produção de sentidos.


site:http://www.cienciasecognicao.org/artigos/v03/m34421.htm



História dos Jogos Eletrônicos
O estudo dos jogos eletrônicos e seu papel cultural na sociedade é baseada nas definições conceituais do entretenimento eletrônico e avança através da linha do tempo, apresentando a história dos jogos sob o viés do design, da tecnologia e da interatividade.

Jogos de celular Os jogos de celular começaram com jogos como Snake e Space Impact e outros em preto e branco, atualmente há muitas variedades de jogos que são de RPG, com fases, coloridos...



site:http://www.usabilidoido.com.br/conferencia_sobre_games_no_rio.html





Jogos eletrônicos: simples passatempo?

Os jogos fazem parte do fabuloso e milionário mercado do entretenimento, concorrendo com a indústria do cinema de Hollywood em faturamento, efeitos especiais e gastos com publicidade.

A concorrência entre as empresas que lidam com os jogos eletrônicos obriga os profissionais da área a criar jogos cada vez mais sofisticados e reais, mas com violência. Segundo estudiosos os jogos influenciam os usuários a associar a violência que mostra nos games com a vida real como o que se , mostra nos jogos, fosse normal.

Os jogos estimulam o aprendizado a coordenação motora e ajuda a aprender novos idiomas, mas a violência ligada à eles continua sendo um ponto polêmico.

Educação não é só transmitir conteúdo, é motivação". Além disso, os jogos eletrônicos ainda podem ser trabalhados em pontos mais específicos, se houver um projeto que aproveite suas potencialidades. Como Sim City 4, Stronghold, Warcraft, The Sims, Rooler Coaster, Red Alert, jogos que simulam a construção de cidades, reinos, parques, exércitos ou até familias.

As pessoas podem procurar a certos jogos com a intenção de aprender sobre um assunto que estuda como “Nilo”, que mostra mistérios do Egito, ou Stronghold que mostra os feudos e reinos da idade média.


Os jogadores acabam mechendo em várias telas e máquinas ao mesmo tempo estimulando o ato reflexo, ganhos na capacidade de memória, coordenação viso-motora, e criatividade. Porém, para algumas crianças que não interpretam corretamente alguns jogos acabam não condenando a violência contida neles.

site:http://www.cidade.usp.br/historia/repercussao/materia85.php